Carregando

ENCERRADA EM MANAUS, A ETAPA INICIAL DO CURSO DE FORMAÇÃO DE FORMADORES DA ENFAM

A capacitação realizada na ESMAM recebeu juízes e servidores dos estados do Amazonas, Acre, Pará, Amapá, Mato Grosso, Rondônia e Roraima.


Terminou nesta quinta-feira (14), o primeiro módulo do nível 1 do curso de Formação de Formadores (Fofo), da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados Ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira (ENFAM), realizado na Escola Superior da Magistratura do Amazonas (ESMAM). Com carga horária de 24 horas aulas a capacitação recebeu juízes e servidores dos estados do Amazonas, Acre, Pará, Amapá, Mato Grosso, Rondônia e Roraima.

No terceiro e último dia foram abordados o planejamento da aula, organização do trabalho didático e a conclusão - análise do trabalho docente a partir de princípios pedagógicos. Juíza do Tribunal de Justiça da Bahia e formadora da ENFAM, a Dra. Ana Barbuda, enfatizou que o FoFo  promove  “uma quebra de paradigmas, pois constrói saberes e competências, formando um novo magistrado cada vez mais preparado para trazer ao usuário do serviço do Poder Judiciário uma resposta eficaz, equânime, igualitária  e acima de tudo a justiça”.

Eveline Pinheiro, pedagoga da ENFAM, explicou que “as pessoas constroem o conhecimento a partir da vivência, pautada numa abordagem teórica, e por isso durante a aula são utilizados estudos de casos reais ou criados com objetivo de trabalhar questões específicas e os juízes, com uma orientação padrão. Com a atividade eles vão poder visualizar possíveis soluções, junto com os seus pares”.

Foto: Raphael AlvesAs metodologias aplicadas no Curso de Formação de Formadores foram elogiadas pelos participantes. O desembargador Marcos Alaor, do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO), destacou que “é muito importante uma Escola da Magistratura administrada por juízes, que tem como professores juízes para juízes. O Poder Judiciário precisa compreender que está entre a sua missão formar os seus magistrados de maneira continuada”.  Alcenir Souza, assessor jurídico da Escola do Judiciário de Roraima (EJURR), disse que “esta foi uma experiência ímpar, uma vez que aprendemos técnicas pedagógicas que vão nos auxiliar na formação de outros professores e instrutores que vão atuar tanto para a magistratura quanto para os servidores do Poder Judiciário”.

Participaram dessa etapa os seguintes magistrados amazonenses: Ana Paula de Medeiros Braga, Anagali Marcon Bertazzo, Andréa Jane Silva de Medeiros, Antônio Carlos Marinho Bezerra júnior, Danielle Monteiro Fernandes Augusto, Dinah Câmara Fernandes de Souza, Elci Simões, Elza Vitória Sá Peixoto Pereira, Etelvina Lobo Braga, Fábio Lopes Alfaia, George Hamilton Lins Barroso, Ida Maria Costa de Andrade, Igor de Carvalho Leal Campagnolli, James de Oliveira dos Santos, Jean Carlos Pimentel dos Santos, Luís Cláudio Cabral Chaves, Luiza Cristina do Nascimento da Costa Marques, Mauro Moraes Antony, Mirza Telma de Oliveira Cunha, Naira Neila Batista de Oliveira Norte, Onilza Abreu Gerth, Patrícia Chacon de Oliveira, Rebeca de Mendonça Lima, Roberto Hermida de Aragão Filho, Rosália Guimarães Sarmento e Vanessa Leite Mota.

Texto: Elisangela Almeida
Foto: Raphael Alves

E-mail Imprimir PDF http://www2.tjam.jus.br/esmam/index.php?option=com_content&view=article&id=1702:encerrada-em-manaus-a-etapa-inicial-do-curso-de-formacao-de-formadores-da-enfam&catid=74:2017-02-22-17-46-40