Carregando

JUÍZES RECÉM-EMPOSSADOS PELO TJAM VISITAM A ESCOLA DE MAGISTRATURA

Além de conhecer as instalações da Esmam, os novos juízes receberam as diretrizes inicias do curso de formação que deverão fazer, como parte do processo de ingresso no cargo.


alt

A Escola Superior da Magistratura do Amazonas (Esmam) recebeu a visita de dois dos quatro novos juízes empossados na sessão do Pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) na última terça-feira (12). Os magistrados integram o grupo de primeiros nomeados do concurso público lançado em 2015 e cujo resultado foi homologado em maio deste ano para o preenchimento de vagas no cargo juiz substituto de carreira do TJAM.

Na Esmam, os novos magistrados Diego Fervenza e Geildson de Souza foram recebidos pela secretária-geral e executiva da instituição, Márcia Levi, que falou sobre as atividades realizadas na Escola. “Além de ações educacionais presenciais, oferecemos também aos nossos magistrados cursos de aperfeiçoamento na modalidade EaD, alcançando, mesmo que virtualmente, todas os juízes do Estado”, salientou  a secretária ao evidenciar que “a direção da Escola e a presidência do TJAM acreditam na importância do constante aperfeiçoamento dos magistrados, o que certamente irá contribuir para uma melhor prestação jurisdicional”.

Márcia Levi ressaltou ainda a importância do curso de formação para os juízes recém-ingressos na carreira. “A Formação Inicial é essencial para os novos magistrados integrantes do TJAM. A carreira da magistratura exige muito mais que o conhecimento técnico das leis. O novo magistrado precisa alicerçar todos os seus atos a ética e a humanidade na pratica judicante”.
Cientes da missão imposta pela carreira, os novos magistrados agradeceram a acolhida.

“É preciso ter consciência da realidade local, social e com base nisso tentar trazer decisões mais próximas às expectativas da população, decisões mais justas. Essa é uma preocupação de todos nós e certamente será o que estaremos fazendo no exercício da função” disse o magistrado Diego Fervenza. Para o juiz Geildson de Souza “o magistrado é um servidor público que vai lidar com vidas e não com papel. Trago comigo a experiência da advocacia e tenho as melhores expectativas possíveis para desempenhar o ofício judicante no Amazonas”.

Curso
O Curso de Formação Inicial contará com 600 horas/aulas teórico-práticas, de acordo com os padrões exigidos pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados Ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira (Enfam). O objetivo é proporcionar aos novos magistrados uma formação específica para a realidade que vão encontrar no exercício da função jurisdicional no Estado do Amazonas.

Elisângela Araujo
Foto: Gabriel Abreu


DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E IMPRENSA
Telefones | TJAM: (92) 2129-6771 / 6831
Telefones | Corregedoria: (92) 2129-6672
Telefones | Fórum Henoch Reis: (92) 3303-5209
Telefones | ESMAM (92) 2129-6820

E-mail Imprimir PDF http://www2.tjam.jus.br/esmam/index.php?option=com_content&view=article&id=1699:juizes-recem-empossados-pelo-tjam-visitam-a-escola-de-magistratura&catid=74:2017-02-22-17-46-40