Principal Leia mais Notícias Doação de documentos históricos ao Poder Judiciário do Amazonas
Doação de documentos históricos ao Poder Judiciário do Amazonas PDF Imprimir E-mail
Seg, 09 de Agosto de 2010 16:18

doacao_documentos

Sociedade amazonense vai ajudar a resgatar memória do Judiciário. Edital pede a colaboração dos cidadãos do que possuírem documentos do Poder

O Tribunal de Justiça do Amazonas está pedindo a colaboração da sociedade para resgatar a memória do Poder Judiciário. Em Edital de Convocação publicado no dia 19 de julho, o presidente do TJAM, desembargador João Simões convida a todos os cidadãos que possuírem sob sua guarda documentos históricos relacionados ao Poder Judiciário deste Estado, “que engajados nesse propósito, façam doações dos mesmos ao Tribunal de Justiça”.

A organização e o resgate dos documentos históricos do Judiciário amazonense está sendo feita pela Comissão Permanente de Avaliação de Documentos (CPAD), criada exclusivamente para organizar o acervo. O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) também lançou o Comitê de Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário (PRONAME), que tem como principal objetivo implantar uma política nacional de gestão documental e de preservação da memória do Poder Judiciário.

A idéia de solicitar a colaboração da sociedade surgiu na sessão do Tribunal Pleno do dia.../..., quando o presidente da CPAD, juiz César Bandieira fez uma exposição do trabalho, alertou para o risco de danos à documentação e saiu aplaudido da sessão.

A maior prova da competência profissional da Comissão de Documentos é o fato de seu secretário, o servidor Manoel Pedro de Souza Neto ter sido indicado pelo Conselho Nacional de Justiça para integrar o Comitê de Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário (PRONAME), que tem como principal objetivo implantar uma política nacional de gestão documental e de preservação da memória do Poder Judiciário. Em todo o País, o servidor do TJAM é um dos cinco indicados para compor o comitê, assumindo a Relatoria Nacional da Tabela de temporalidade Única do CNJ.

EDITAL

Confira na íntegra o Edital publicado pelo presidente do Tribunal:

“O Excelentíssimo Senhor Desembargador João de Jesus Abdala Simões – Presidente do Egrégio Tribunal de Justiça do Amazonas. Faz saber a todos os habitantes do Estado que está desenvolvendo Projeto de recuperação e revitalização da documentação histórica do Tribunal de Justiça do Amazonas e, por meio deste, convida a todos os cidadãos que possuírem sob sua guarda documentos históricos relacionados ao Poder Judiciário deste Estado, que engajados nesse propósito, façam doações dos mesmos ao Tribunal de Justiça, afim de que se possa organizar o seu acervo histórico, colaborando assim, com a cultura e a preservação da história do Estado do Amazonas. Os documentos deverão ser encaminhados ao setor de Arquivo, localizado no Fórum Ministro Henoch Reis, Rua Paraíba s/nº – Aleixo – CEP 69061-970”.

 
Tribunal de Justia do Amazonas